Banco de talentos: o que é e como funciona?

Em Comportamento profissional por André M. Coelho

O banco de talentos é uma ferramenta importante para atrair profissionais principais para sua empresa. Este banco de dados facilita a conexão com os talentos que se importam com o seu produto ou serviço. Dessa forma, quando se trata de contratar, você abre o processo de seleção dos nomes já filtrados do seu banco e, assim, economiza tempo e recursos no recrutamento.

Quer usar o banco de talentos na sua empresa? Vamos então aos passos básicos para este uso prático.

O que é banco de talentos?

Um banco de talentos é um banco de dados que reúne informações de candidatos a emprego para a empresa. Esta lista pode incluir primeiro nome e sobrenomes, contatos, experiência, habilidades específicas, emprego ou posição, além de empregadores, referências e muito mais. Para acessá-lo, o candidato geralmente usa o site da empresa, o que traz um link específico para registro. Lá o profissional completa todas as informações necessárias recebe um e-mail de agradecimento e confirmação e, em seguida, aguarda a divulgação de novas vagas em sua área.

Para a empresa, esta é uma maneira simples de encurtar o caminho para os melhores talentos no mercado. Em vez de correr atrás dos profissionais, por que não deixá-los virem até você? Mas atrair os nomes mais qualificados não é tarefa fácil. Eles precisam conhecer o seu negócio, envolver-se com sua marca e demonstrar uma intenção de trabalhar assim, preenchendo o formulário de inscrição.

Como usar um processo seletivo com banco de talentos?

Muitas empresas relegam o Banco de Talentos a um item de site obrigatório e irrelevante, na parte inferior da página, em um canto mal visível. Eles não valorizam essa ferramenta como uma plataforma para conexão direta com os profissionais de marketing que se identificam com a organização. Isso permite que eles criem um atalho para alcançar essas pessoas com mais facilidade, acelerando assim o processo de contratação e tornando o recrutamento muito mais barato.

Então, se você quer aproveitar ao máximo o talento banco, você deve considerar uma parte importante da indústria de recursos humanos. Este poderia ser o primeiro contato da empresa com um gerente futuro, um proeminente analista de business intelligence, à frente da equipe de desenvolvedores, etc. Assim, é importante levar o Banco de Talentos a partir do fundo e trazê-lo para a tabela de planejamento.

Banco de talentos

Um banco de talentos é uma ótima ferramenta de RH para melhorar o desempenho na contratação de bons funcionários. (Imagem: The Center for Sales Strategy Blog)

Como usar um currículo do banco de talentos?

Todo banco de dados de talentos vai começar com o cadastro de currículos. Mas como utilizar estes talentos nos seus processos seletivos? Como você pode usar um banco de talentos para contratar profissionais principais?

Organize todas as funções e posições da sua empresa.

Investigue se existem possíveis demandas que não estão sendo atendidas por contribuintes atuais

Em uma planilha, crie as habilidades, talentos e potenciais mais recomendados do painel de experiências para cada uma das posições

Use todas essas informações para arquitetar seu banco de dados para o Banco de Talentos. Quais campos e dados os candidatos terão que preencher para fazer o melhor talento se destacar rapidamente?

Combine com os designers de UX / UI e equipe de desenvolvedores como as informações serão preenchidas e encaminhadas para a indústria de RH de forma prática e escalável que fornece uma macro e micro olhar para cada candidato

Escolha uma interface intuitiva e fácil para o candidato, lembrando-se de exigir dados de acordo com o perfil da área. Exemplo: Você pode não precisar perguntar quais idiomas de programação o analista de rede social sabe.

Publique o banco de dados em destaque no site para oferecer essa possibilidade para o usuário que esteja interessado em sua página.

Configure a filtragem automática de currículos e dados para que as seleções futuras possam ser baseadas em uma base candidata que atenda aos critérios selecionáveis.

Inicie um relacionamento com todos os nomes bancários de talentos por meio de e-mails periódicos e convites para desfrutar de suas redes sociais. Dessa forma, esses profissionais terão ainda mais desejo de trabalhar em sua empresa e poderão expressar esse interesse para conhecidos, amigos e colegas. Tudo isso favorece a atração de grande talento. Fale com seus funcionários para que todos possam usar o banco de talentos. Referindo profissionais em que você confia pode marcar pontos no processo de filtragem de melhor nome para a próxima rodada de contratações.

Ok, agora você sabe construir sua base talentos. Mas esta ferramenta é o suficiente? Ou é possível ir além desse esforço para capturar os melhores profissionais?

Isso é o que veremos a seguir.

Atrair profissionais bons para a empresa precisa ir além do banco de talentos

A criação de um bom talento banco, seguindo todos os passos anteriores, não é suficiente para procurar os grandes profissionais do mercado. Para fazer isso, você precisa ir um pouco mais e criar uma estratégia de exposição para sua marca, produto e serviço para apresentar aos profissionais que você deseja trabalhar em sua organização. É simples: como e por que eles se inscreverão para talentos se eles não reconhecerem o valor da sua empresa? Então, é hora de usar táticas de marketing para atrair e manter talentos.

Confira algumas práticas recomendadas:

Blog

Comece a publicar o conteúdo sobre seus tópicos de negócios e nicho para que os usuários em sua área comecem a realizar o valor em sua organização. Com técnicas de SEO (Search Engine Optimization), você pode levar seu conteúdo para o topo do Google para a pesquisa que faz mais sentido em atrair talentos. Ao criar suas postagens, lembre-se de trabalhar em duas frentes, uma abordando tópicos que irão interessar seu público e outro reforçando os aspectos positivos de sua organização. Para fazer isso, não se concentre apenas em publicações divulgando ações da empresa, mas lembre-se de mencioná-los quando considerá-lo apropriado, entre outros materiais. Para a estratégia funcionar, é importante também, primeiro de tudo, definir uma definição clara de quem será seu público-alvo. A partir desta configuração, você pode ajustar o tom de voz, estilo de texto e equipe.

Redes sociais

Use o Facebook, o Instagram, o LinkedIn e outras mídias sociais para alcançar rapidamente seu público usando publicações patrocinadas, que não devem ser restritas a espalhar o conteúdo do seu blog. Neles, capriche nas imagens e adote textos curtos, até o ponto. Nos anúncios, lembre-se de fazer testes para encontrar seu público: idade, localização, profissão, interesses e nível educacional são alguns dos parâmetros disponíveis.

Materiais ricos

Ebooks, infográficos, workshops e aulas de vídeo ajudam a capturar leads que estão interessados ​​em sua empresa e podem entrar no seu conjunto de talentos. Eles devem ser mais profundos, vale a pena o esforço do usuário. Em todos esses materiais, é importante ter cuidado em sua apresentação e procurar fornecer a melhor experiência possível para o leitor. Para criá-los, você pode investigar quais são as perguntas mais comuns sobre seu produto ou serviço, e podem analisar palavras-chave relacionadas nas pesquisas do Google. A partir desses materiais, você filtrará os usuários que estão mais interessados ​​em sua empresa e podem fazer parte do seu talento banco no futuro.

Marketing de email

Com e-mails registrados com o banco de talentos e o funil de vendas estabelecidos com materiais ricos, oferecem conteúdo regularmente via e-mail para fortalecer relacionamentos com possíveis candidatos sem confiar nos algoritmos do Facebook e do Instagram. Com e-mails, você deve fortalecer seu relacionamento com esses leitores. Crie conteúdo relacionado ao seu negócio que pode ser útil para eles e definir uma periodicidade para mensagens. Vale a pena fazer referências e links para o blog.

Em todas essas plataformas, não esqueça que o objetivo final é apresentar o seu negócio como um bom lugar para trabalhar. Então, antes de criar as diretrizes, entenda quais são os seus pontos fortes e diferenciais para mostrar ao longo das publicações que você realmente valoriza seus funcionários e que seu banco de talentos é uma ótima maneira de profissionais de topo no campo.

Além de construir seu banco de talentos nas pontas deste artigo, é interessante usar a tecnologia para encontrar os melhores profissionais da sua empresa. Através de um grande banco de dados e boas práticas, o banco de dados permite a redução do tempo de contratação. Dessa forma, você reforça seu processo de recrutamento em duas frentes. Você recebe currículos e portfólios de candidatos que estão interessados ​​em sua empresa. Ao mesmo tempo, reduz a distância às habilidades e experiência desejadas, lançando novos empregos em uma plataforma inteligente.

Como vocês planejam usar um banco de dados? Que dicas daria m para outras pessoas que querem melhorar o banco de talentos?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário