O que é bolsa auxílio para estagiário?

Escrito na categoria "Direitos no emprego" por André M. Coelho.

Estágios são fundamentais para aqueles que procuram ganhar experiência na carreira e chegar à frente no mercado de trabalho. Um estágio pode adicionar um pouco de algo extra ao currículo e o estágio em um mercado emergente como o Brasil pode ser o pontapé inicial para sua carreira.

A cultura de estágio no Brasil é uma prática comum na maioria das áreas profissionais. Muioas cursos universitários exigem que os alunos completem um estágio como um requisito de formatura. Outros simplesmente fazem um estágio para a experiência de carreira. Estágios no Brasil variam em duração de 1 mês para mais de 2 anos.

Os requisitos de trabalho de estágio dependem fortemente das especificações e necessidades da empresa, bem como o campo de estudo do Estado e da disponibilidade do trabalho, com o pagamento do estágio sendo completamente opcional.

O que é bolsa auxílio?

A bolsa auxílio é o nome dado ao pagamento dos estagiários. Como eles não são geridos pela CLT, tendo sua própria legislação (a Lei do Estágio), eles não recebem um salário e sim, uma Bolsa Auxílio.

O salário médio por hora para os estagiários de graduação geralmente é uma porcentagem do salário mínimo ou do piso salarial da categoria. Os valores variam bastante de região para região. Além disso, muitas categorias de estágios tem pisos estabelecidos com sindicatos, e devem ser respeitados.

Quais indústrias normalmente oferecem o maior auxílio de estágio?

Os maiores salários de estágio estão nas áreas de ciência da computação e engenharia e, os mais baixos estágios pagantes estavam sendo oferecidos à educação, artes liberais e graduações da área de humanas. Entender isso pode também te orientar para uma carreira que possa ser mais satisfatória financeiramente.

Regras de estágio e regulamentos

O primeiro passo para obter um estágio no Brasil é saber e entender exatamente o que um estágio implica. As regras e regulamentos de um estágio são padronizadas no Brasil garantindo um mínimo em termos de horas trabalhadas e benefícios esperados. Estes são:

Cronograma padronizado de 6 horas por dia e cerca de 20 dias ao mês.

Férias de 30 dias em um período de 365 dias.

Todos os feriados bancários, feriados federais, estaduais, etc

Auxílio transporte, Vale-Transporte, para custos mensais de transporte.

Os benefícios e salários para estagiários variam amplamente da região para região e estado para o estado. Aqueles que trabalham nas principais áreas metropolitanas e estão estudando nos campos STEM – ciência, tecnologia, engenharia e matemática – podem esperar ganhar mais do que aqueles que não o fazem.

Pagamento de estágio

O estagiário não recebe um salário. Ele recebe uma bolsa auxílio, que não é obrigatória o pagamento. (Imagem: EasyUni)

Mais empresas estão contratando estagiários

O número de estágios pagos sendo oferecidos pelos empregadores está aumentando nas escolas em todo o Brasil. Os empregadores dizem que isso é devido à alta quantidade de ações em relação aos estagiários que estão sendo usados ​​para realizar tarefas domésticas (como tirar o lixo) que foram arquivadas nos últimos anos. As empresas estão mantendo um olho atento a esses processos, e eles querem se proteger. Pagar seus estagiários parece o primeiro passo para fazer a coisa certa e assumir a responsabilidade de compensar alguém (não importa quão jovem quanto inexperiente) para ter tarefas realizadas.

Quais empresas oferecem estágios pagos?

A maioria das maiores empresas do Brasil pagam seus estagiários, em grande parte porque eles têm o fluxo de caixa para fazê-lo. Eles também entendem o valor de treinar alguém que pode se tornar um funcionário benéfico quando se formarem na faculdade. O setor privado (e mesmo não lucros e praticantes de solo) também oferece vários estágios pagos. Além disso, grandes empregadores têm programas de estágio e estão pagando seus estagiários. Outras indústrias que geralmente pagam estagiários incluem bancos, governo, contabilidade, moda, publicidade, relações públicas, engenharia, saúde, entre outros.

Escolher entre estágio que paga bolsa auxílio e não pagam?

Ao avaliar quais estágios para perseguir, os alunos quase sempre são fatorados se o estágio é ou não pago ou apenas para a experiência. Quando dada a escolha entre um estágio pago e um estágio não remunerado, os alunos devem pensar sobre a experiência oferecida, se o estágio vai lhe permitir mais oportunidades de ser contratado após a formatura e o pagamento. Eles também contemplarão qual oportunidade irá adicionar o maior valor ao seu currículo e aumentar seu conjunto de habilidades profissionais.

Dúvidas? Deixem nos Comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário