Ao trabalhar como Jovem Aprendiz, uma boa ideia é estudar as oportunidades de bolsas de estudos para começar sua carreira. As bolsas de estudos são dinheiro que você não precisa pagar. O FNDE, sigla para Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, pode conceder bolsas para um jovem aprendiz que atende a regulamentação e critérios de participação do Ministério da Educação.

Bolsa aprendiz: como receber?

Após ser aprovado para a bolsa aprendiz, o jovem aprendiz receberá um cartão benefício. Este cartão é emitido pelo Banco do Brasil. Para que ele seja emitido, o bolsista do FNDE precisa atender alguns requisitos:

  • Cadastro e dados pessoais devidamente registrados
  • Vinculação a um programa que conceda a bolsa ou a uma entidade que ministra o curso
  • Cadastro homologado pelo MEC
  • Transmissão do cadastro pelo Sistema de Gestão de Bolsas (SGB)
  • Pagamento da primeira parcela da bolsa autorizado pelo responsável pelo programa

Bolsa aprendiz: onde usar o cartão e como consultar?

O jovem aprendiz só pode usar o cartão em uma agência disponível no sistema informatizado onde é feito o cadastramento de beneficiários. O bolsista escolhe a agência, e apenas através dela o bolsista poderá receber sua bolsa.

A consulta do cartão e número do benefício pode ser feita pelo site do FNDE, na seção de bolsas e auxílios.

Bolsa para jovem aprendiz

O bolsa aprendiz é um benefício pago ao jovem aprendiz, que pode fazer uma grande diferença para o jovem trabalhador. (Foto: divulgação)

Quando o bolsista recebe a bolsa educação do governo?

Na agência indicada no momento do cadastro, o bolsista precisa retirar o cartão benefício. Para sacar a primeira parcela, o bolsista precisa ir na agência indicada, retirar o cartão e cadastrar a senha pessoal. O valor da primeira parcela poderá então ser sacado em qualquer terminal de autoatendimento do Banco do Brasil.

O bolsista pode sacar uma bolsa sem cartão?

Se o cartão ainda não foi feito pelo Banco do brasil, o bolsista pode ir até um caixa do Banco do Brasil na agência do cadastro e realizar o saque informando o número do benefício, número do convênio, RG e CPF do beneficiário. O número do benefício e o número do convênio podem ser pesquisados no site do FNDE.

Posso receber mais de uma bolsa do FNDE?

Não é possível receber mais de um tipo de bolsa paga pela mesma lei, mas é possível acumular as de fontes diferentes. Cada programa tem resoluções diferentes, e é necessária a consulta para saber se é possível acumular as bolsas nos programas dos quais você faz parte. As resoluções também estabelecem quem será responsável por pagar as bolsas.

Quanto tempo tenho para sacar a bolsa? E se foi paga errada?

Após o crédito da bolsa, o jovem aprendiz terá o valor mensal depositado e disponível por 120 dias. Se o valor não for sacado pelo beneficiário, o Banco do Brasil vai devolver o valor para o Tesouro Nacional.

Se o valor da bolsa foi pago errado, o bolsista precisa entrar em contato com a Coordenação Geral de Bolsas e Auxílios – CGAUX/DIGEF, pelo email [email protected] Assim, o valor de restituição poderá ser calculado e realizado através do pagamento de uma Guia de Recolhimento da União (GRU);

Esperamos não ter deixado quaisquer dúvidas. Caso você ainda tenha alguma pergunta, deixe nos comentários abaixo. Estamos aqui para ajudar e esclarecer suas dúvidas sobre a bolsa para o Jovem Aprendiz.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)