Qual a diferença entre salário e remuneração?

Em Direitos no emprego por André M. Coelho

Se você está procurando por seu primeiro emprego, você precisa entender a diferença entre salário e remuneração. Esses dois métodos de pagamento afetam sua renda e impostos de maneira diferente.

Enquanto um método não é mais lucrativo do que o outro – como isso depende da sua ocupação – cada um oferece benefícios que podem ajudar ou ferir financeiramente.

O que significa salário?

Seu salário consiste em seu salário bruto antes dos impostos e descontos. Um salário é uma quantidade definida de pagamento por um mês. Se você for pago por hora, você ganha um pagamento. Se você é um contratado, você ganha uma taxa.

Seu salário não inclui o valor dos benefícios, como seguro de saúde ou suas contribuições correspondentes de impostos.

Em outras palavras, o salário é a quantia fixa que um trabalhador recebe em troca de um trabalho.

Tipos de salários

Salário mínimo: o mínimo que um empregador poderá pagar a um funcionário contratado com carteira assinada.

Salário profissional ou piso salarial: o mínimo que um empregador poderá pagar para um profissional de uma categoria que tenha um piso salario estabelecido por convenção ou lei.

Salário base ou bruto: salário que o funcionário recebe em carteira sem os descontos de impostos.

Salário líquido: salário de um funcionário depois de des contos de benefícios e impostos.

Remuneração e salário e diferenças

A remuneração e o salário tem diferenças claras, e que podem ser essenciais para garantir seu pagamento correto. (Imagem: USA Today)

O que é a remuneração?

A remuneração inclui todas as formas de compensação de emprego, como horas extras, opções de ações, comissões de vendas e bônus. Também inclui seu salário. Inclui também todas as contribuições de impostos, além de benefícios como:

Um benefício de trabalho pode ou não ser um componente da remuneração dos funcionários. Um ginásio no local ou um generoso plano de férias são benefícios, mas eles não são dinheiro no bolso de um funcionário. A remuneração pode incluir pagamento direto de benefícios de dinheiro ou outras contribuições, como uso pessoal de um carro da empresa.

Tipos de remuneração

Salário indireto: benefícios recebidos por um profissional que não são pagos diretamente pelo seu salário, tal como vales transporte, auxílio alimentação, etc.

Fixa: recebido pelo funcionário independente de outros benefícios variáveis.

Funcional (ou meritocrática): está relacionado ao cargo do indivíduo, além de questões de hierarquia na empresa.

Variável: remuneração que varia de acordo com bônus, comissões, e outras questões que variam os valores pagos.

Por competência: remuneração paga pela qualificação do profissional para o cargo ou por indicadores de desempenho.

Acionária: remuneração dada na forma de ações da empresa para o funcionário.

Qual a diferença entre salário e remuneração?

O salário são os valores pagos a um funcionário ou prestador de serviços pelas tarefas realizadas dentro do escopo de um contrato de trabalho.

A remuneração são os valores pagos a um trabalhador e que incluem o salário e todos os outros benefícios pagos ao trabalhador.

A remuneração inclui o salário, o salário não inclui a remuneração.

Ficou alguma dúvida? Caso ainda tenha alguma pergunta, os comentários abaixo estão abertos para suas dúvidas. Estamos aqui para te ajudar e esclarecer todas as suas questões, além de ouvir seus elógios e críticas para que nosso blog sempre melhore.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário