Gestor de tráfego: o que é? O que faz?

Em Comportamento profissional por André M. Coelho

O gestor de tráfego é uma carreira que se tornou ainda mais requisitada nos últimos anos, com o aumento da presença online de várias companhias.

Vários cursos estão surgindo, formando novos gestores de tráfego para esta demandada carreira. Vamos explicar o que é o gestor de tráfego e o que ele faz na profissão.

O que faz um gestor de tráfego pago?

Um gerenciador ou gestor de tráfego é um profissional de marketing de busca responsável por projetar e implementar uma estratégia de SEO (Search Engine Optimization) dentro de uma organização. Um gerente de tráfego pode ser empregado em uma agência de marketing ou como parte de uma equipe de marketing interno, ou até ser contratado como um freelancer.

Os gerentes de tráfego estão envolvidos no trabalho nos níveis estratégicos, táticos e operacionais. Eles realizam pesquisa de mercado, pesquisa de palavras-chave, análise competitiva e outras tarefas para desenvolver uma estratégia de tráfego pago informada para a organização. Eles trabalham para gerar oportunidades de construção de links que aumentem a autoridade, a confiança e a credibilidade de sua organização. Eles realizam o trabalho técnico e direcionam para o conteúdo para o site da organização.

Em muitas organizações, o gerente de tráfego também é considerado um papel de liderança. Os gerentes de tráfego podem ser responsáveis ​​por levar uma equipe de especialistas em SEO, fornecendo treinamento e orientação e delegação de tarefas – tudo enquanto trabalhava em estreita colaboração com o cliente para garantir o alinhamento entre atividades de marketing e objetivos de negócios.

Trabalho do gestor de tráfego

O gestor de tráfego é um profissional necessário para direcionar o público para o site ou produtos de uma empresa. (Imagem: Pinterest)

O que faz o gestor de tráfego digital?

Algumas das funções de um gestor de tráfego incluem:

1. Pesquisa de palavras-chave

Seja realizando SEO para sua própria organização ou para uma organização do cliente, um gerenciador de tráfego realiza a pesquisa de palavras-chave para identificar quais palavras-chave a organização deve segmentar com o conteúdo, além de ajudar no direcionamento de palavras chave que estão associadas ao conteúdo da empresa.

2. SEO técnico

Os gerentes de tráfego são responsáveis ​​pelo aumento do tráfego do site por meio de SEO na página e técnico. SEO na página consiste em otimizar páginas da Web individuais em torno de uma palavra-chave específica, a fim de obter mais tráfego de pesquisa de consultas que incluam essa palavra-chave.

O SEO Técnico é um processo de auditoria e melhorando a implementação técnica de um site, tornando-o mais acessível para os usuários humanos e de máquina, especialmente rastreadores de mecanismos de busca.

3. Estratégia de conteúdo

Os gerentes de tráfego são responsáveis ​​pelo desenvolvimento e implementação de uma estratégia de conteúdo. O marketing de conteúdo é uma técnica de marketing digital que visa criar e distribuir conteúdo que é perspicaz, útil e, finalmente, valiosos para clientes em potencial. O marketing efetivo de conteúdo posiciona a organização como uma autoridade confiável dentro de uma indústria ou nicho.

Os gerentes de tráfego participam da criação da estratégia de conteúdo e também podem gastar tempo criando briefs de conteúdo para um escritor de pessoal ou se contentar.

4. Reuniões com clientes

Os gerentes de tráfego se reúnem regularmente com suas contas de clientes para discutir a estratégia, definir prioridades e garantir o alinhamento entre suas atividades de marketing e os objetivos de negócios do cliente.

5. Análise de dados

Os gestores de tráfego usam dados de tráfego da Web de fontes como o Google Analytics e Facebook Ads para entender quais páginas da Web ou consultas de pesquisa estão gerando mais tráfego, leads e vendas para seus clientes.

Isso permite que os gerentes de SEO possam tomar decisões orientadas a dados sobre segmentação por palavras-chave e onde priorizar seus esforços de otimização para o maior impacto.

Gestor de tráfego: salário

Um gestor de tráfego pago começa ganhando, em uma empresa, cerca de 2 salários mínimos. O salário para um gestor mais experiente, pleno, começa entre 4 e 5 salários mínimos. Já para um gestor sênior, responsável por uma equipe, o salário começa em 6 salários mínimos.

As maiores possibilidades de ganho para o gestor de tráfego pago, no entanto, está no trabalho freelancer.

Conhecimentos para o gestor de tráfego

Se você está considerando um papel como gestor de tráfego, reunimos uma lista das dez habilidades mais importantes que você precisará cultivar em seu caminho até lá. Essas habilidades são frequentemente citadas em descrições de trabalho publicadas para funções de um gestor de tráfego.

Marketing de conteúdo – Projetando, planejando, criando e compartilhando conteúdo valioso para clientes em potencial.

Otimização técnica de SEO – Otimizando a implementação técnica de um site para aumentar sua visibilidade de busca orgânica.

Link Building – Implementando técnicas e métodos especializados que incentivam outros sites confiáveis ​​a vincular ao site do cliente.

On-page SEO – otimizando páginas da Web individuais para melhorar sua visibilidade nos resultados de pesquisa orgânica.

Administração do site – Usando sistemas de gerenciamento de conteúdo do site para publicar conteúdo otimizado de SEO, gerenciar comentários e executar outras tarefas administrativas.

HTML / CSS – HTML e CSS são idiomas que definem a estrutura, o estilo e o formato de conteúdo em uma página da Web. Os gerentes de SEO que entendem HTML e CSS podem implementar alterações simples de codificação em um site sem assistência desenvolvedor.

Otimização da taxa de conversão (CRO) – Usando software especializado para realizar experimentos de conteúdo com o objetivo de aumentar as taxas de conversão e a receita de condução.

Copywriting – Criando conteúdo informativo e envolvente do site, postos de hóspedes e outras mídias criativas.

Gerenciamento de projetos – Planejando projetos de SEO, estabelecendo cronogramas realistas, comunicando-se com as partes interessadas, alocando recursos, problemas de solução de problemas e entrega (e medindo).

Gerenciamento de relacionamento com clientes – Reunião com clientes regularmente para alinhar atividades de marketing com objetivos de negócios. Estabelecer expectativas realistas e apresentar resultados positivos.

Como se tornar um gestor de tráfego em três passos simples

Se você está animado com a perspectiva de se tornar um gerente de tráfego e trabalhar todos os dias para aumentar o tráfego orgânico e construir visibilidade on-line para seus clientes, aqui estão algumas ótimas notícias: você está a poucos passos de fazer o seu sonho uma realidade.

Veja como começar:

1. Construir habilidades e ser certificado em gestão de tráfego pago

Antes que você possa se tornar um gestor de tráfego pago, você precisará passar algum tempo desenvolvendo seus conjuntos de habilidades em torno da otimização de mecanismos de busca. Uma ótima maneira de começar é tomar um curso de gestão de tráfego pago que oferece certificação na otimização de mecanismos de busca.

2. Empregos de gestão de tráfego de nível de entrada de destino

Um trabalho de gestão de tráfego de nível de entrada é uma oportunidade valiosa para obter experiência na indústria e uma pedra necessária para começar. Isso pode significar até trabalhar de graça no primeiro mês para seus clientes, mostrando e aprendendo novos conhecimentos.

3. Especialização em gestão de tráfego

Após 6-24 meses como especialista em SEO em nível de entrada, você deve estar pronto para começar a se candidatar a empregos como gestor de tráfego pago.

Por este ponto, seu histórico deve refletir um amplo conhecimento técnico em SEO e uma sólida compreensão de como gerenciar efetivamente os projetos e colaborar como parte de uma equipe de marketing.

Como gerente de tráfego, você ganhará um grande salário enquanto continua a desenvolver suas habilidades e causar um impacto genuíno no seu negócio e para seus clientes.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário