Frentista: o que faz? Quanto ganha?

Escrito na categoria "Comportamento profissional" por André M. Coelho.

Os frentistas servem gasolina aos clientes em um posto de gasolina. Eles também podem verificar o óleo e a água do carro e limpar o para-brisa. Às vezes, eles podem ser obrigados a verificar e consertar pequenas coisas em carros e motocicletas e vender produtos do posto. Mas o que mais é preciso saber sobre estes profissionais? Como eles atuam?

O que é o frentista?

Os postos de abastecimento prestam um serviço ao público que inclui muitas funções. Os frentistas são representantes dos postos e a forma como prestam este serviço é de grande importância para a gestão dos postos. Além de abastecer com gasolina, os frentistas costumam verificar o nível de óleo do carro, bem como o nível de água no radiador e na bateria. Eles também podem ser solicitados a verificar a pressão do ar ou bombear os pneus do veículo e examinar as correias do ventilador e outras peças quanto a sinais de desgaste excessivo.

As oficinasde postos de combustível podem estocar peças frequentemente exigidas pelos proprietários de automóveis, como baterias, faróis e escovas de limpador de para-brisa. Os atendentes podem vender ou instalar essas peças e, em alguns casos, fazer pequenos reparos, como consertar pneus furados ou substituir ou girar os pneus. A maioria dessas tarefas pode ser realizada com ferramentas manuais simples, como chaves de fenda, alicates e chaves inglesas.

Quando os clientes pagam pela gasolina, óleo ou outras compras, os atendentes cobram os pagamentos, devolvem o troco ou preparam recibos de cobrança, se necessário.

Os atendentes das bombas de gasolina podem trabalhar durante a noite, fins de semana e feriados e, às vezes, são obrigados a trabalhar durante a noite.

Tarefas de um frentista

O frentista pode verificar os níveis de fluidos em um veículo, abastecer o mesmo, e cumprir outras funções importantes no posto de combustível. (Imagem: Briefly)

Quem trabalha em posto de gasolina precisa agir como?

Como os frentistas passarão a maior parte do tempo lidando com as pessoas, a cordialidade é absolutamente essencial. Eles também devem ser capazes de entender as instruções, falar razoavelmente bem e ter uma aparência elegante. A disponibilidade para ajudar e a honestidade são qualidades importantes, pois estarão promovendo a imagem do posto de gasolina.

Que tipo de treinamento é preciso pro cargo de frentista?

Não há requisitos educacionais específicos, mas os empregadores preferem pessoas com pelo menos o ensino médio completo, apesar de serem aceitos profissionais com ensino fundamental. As disciplinas escolares recomendadas para os frentistas estão na matemática e disciplinas técnicas. Trabalhe principalmente nas suas habilidades pessoais.

Que treinamento de frentista adicional eu preciso?

Os atendentes das postos de gasolina recebem treinamento no trabalho. No início, os profissionais realizarão tarefas relativamente simples, como limpar a estação, servir gasolina e limpar para-brisas. Gradualmente, eles podem progredir para um trabalho mais avançado, como realizar tarefas simples de manutenção em veículos, encaixar peças em carros e ajudar a manter registros.

Os postos enviam seus frentistas para cursos de capacitação em sua matriz ou centro de capacitação. Os seguintes itens podem ser oferecidos aos frentistas para seus funcionários:

Um frentista que queira crescer na carreira pode procurar treinamentos na área de segurança do trabalho, seja como técnico ou como engenheiro de segurança do trabalho. O trabalho de administração também pode ser uma opção, para que ele busque gerenciar o funcionamento de um posto de combustível.

Trabalhar em níveis inferiores pode permitir que os atendentes prossigam para várias posições, como caixas, motoristas e gerentes de atendentes sênior.

Onde um frentista pode trabalhar? Qual o salário de frentista?

Os frentistas de postos de gasolina podem trabalhar em postos de gasolina e / ou diesel apenas. Um frentista geralmente ganha entre 1 e 2 salários mínimos para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais. Treinamentos adicionais, e assumir a responsabilidade por monitorar/administrar redes de postos pode proporcionar um aumento considerável no salário.

Ficou alguma dúvida sobre a profissão de frentista de posto? Deixem suas dúvidas nos comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário