Contracheque, para quê serve?

Escrito na categoria "Direitos no emprego" por André M. Coelho.

Funcionários assalariados geralmente recebem 12 contracheques por ano com remuneração paga em parcelas iguais, incluindo também um contracheque com as informações sobre o 13º salário. Em uma organização totalmente assalariada, a gravação de horas ou os relógios de ponto são necessários. A suposição é que todo empregado está ganhando o salário que eles estão sendo pagos. Vamos entender a função do contracheque e como recebê-lo.

O que é contracheque?

Um contracheque é um comprovante de pagamento emitido por um empregador, a fim de satisfazer o compromisso de compensação que o empregador fez com o empregado quando este foi contratado. O contracheque é geralmente emitido junto com cada pagamento recebido pelo empregado, juntamente com informações sobre descontos e bônus.

Os funcionários entregam folhas de ponto e fazem registros de horários para auxiliar na contabilidade das folhas de pagamento, acompanhando o tempo dos funcionários. Funcionários isentos entregam em 40 horas menos qualquer folga remunerada. Funcionários não isentos, que frequentemente são solicitados a marcar um horário, entregam as horas exatas trabalhadas, de modo que as horas extras são pagas de acordo com o acordo coletivo ou CLT.

Legalmente, é um documento que registra o salário do trabalhador para qualquer questão legal ou até para cálculos de tempo de aposentadoria, por exemplo.

Retenção no demonstrativo de pagamento de salário

Ao emitir o contracheque a um empregado, o empregador é legalmente obrigado a reter uma certa porcentagem da compensação para pagar impostos federais. O empregador envia regularmente a quantia retida e o INSS adicional pago para a Receita Federal. O empregador pode reter quantias adicionais de dinheiro do pagamento quando o empregado é obrigado a pagar por uma parte do plano de benefícios. Pagar parte do custo do seguro de saúde é um exemplo. Outros descontos, como adiantamentos de salários e descontos do Imposto de Renda são também comunicados através do contracheque.

Contracheque e benefícios

O contracheque é por onde você vai monitorar seu salário, os descontos, benefícios e bônus que está recebendo. (Foto: USA Today)

Como entender o holerite?

Um contracheque é também conhecido como holerite, folha de pagamento ou declaração de rendimentos. É o papel que documenta quanto dinheiro os funcionários receberam e geralmente é emitido junto ao salário do empregado.

Quando o empregado recebe o pagamento, ele pode facilmente separar o contracheque para fins de manutenção de registros pessoais. Os contracheques fornecem os detalhes do pagamento do empregado e as deduções exatas que foram feitas durante cada período de pagamento do ano.

As deduções da folha de pagamento dependem das circunstâncias do funcionário individual e das ofertas de benefícios do empregador. As seguintes informações estão disponíveis em contracheques:

O contracheque também pode incluir informações, como os totais acumulados no ano, de salários e deduções brutos e líquidos.

Contracheque como uma ferramenta de comunicação

Muitos empregadores usam o contracheque como ferramenta de comunicação. O contracheque frequentemente informa ao funcionário quanto tempo de férias, tempo de doença ou tempo de descanso foi acumulado durante esse período de pagamento. Pode oferecer uma contabilização cumulativa do tempo de folga usado pelo empregado.

Como os funcionários tradicionalmente recebiam seu cheque de pagamento em um envelope, lembretes, atualizações e boletins informativos eram regularmente inseridos no envelope de pagamento. Esse tipo de comunicação tornou-se raro, pois os empregadores exigem com mais frequência que os funcionários mantenham uma conta na qual o contracheque é depositado diretamente em cada dia de pagamento.

As informações que foram comunicadas no boleto de salário agora ficam visíveis em sua conta online e no site de benefícios internos. Embora alguns empregadores inicialmente tenham fornecido um esboço de salário tradicional à medida que fizeram a transição para o mundo online, poucos o fazem mais.

Muitas organizações usam um fornecedor terceirizado para processar os salários dos funcionários. Os funcionários têm acesso a seus registros no site de terceiros. Os processadores de terceiros são especialistas em produzir contracheques para que as empresas terceirizem essa função.

Ficou alguma dúvida sobre o contracheque? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário