Obter o seu salário é emocionante, mas também pode ser um pouco decepcionante quando você perceber quanto dinheiro você está realmente levando para casa. Por que você não está recebendo tanto quanto esperava? Seu contracheque tem todas as respostas. Embora nem todos os contracheques sejam iguais, há elementos que todos os empregadores devem incluir, destacando também todos os descontos e os motivos desses descontos.

Salário Bruto x Salário Líquido

Digamos que você ganhe R$35.000 por ano e receba mensalmente. Isso significa que você deve levar para casa R$2692.31 por período de pagamento, incluindo o 13º salário. Mas infelizmente esse não é o caso. R$2692.31 é o seu pagamento bruto, ou o valor total que você ganhou antes que tudo seja descontado de seu pagamento. Então você fica com seu salário líquido, que é a quantia total de dinheiro que você recebe para levar para casa.

O que explica a diferença entre o seu salário bruto e o salário líquido? Os descontos que seu salário pode ter.

Descontos na folha de pagamento do Imposto de Renda Federal

Ao receber seu salário, você verá no contracheque um desconto chamado IRRF. Esse desconto significa Imposto de Renda Retido na Fonte. Basicamente é um adiantamento dos impostos que você está dando ao Governo. Quando você for declarar seu Imposto de Renda, poderá ter de complementar esse pagamento ou receberá uma restituição pelos valores que pagou a mais. Porém, todo mês, independente do que for acontecer na sua declaração, você terá descontado o IRRF.

Desconto do INSS do salário

O governo federal também deduz o dinheiro como sua contribuição para a Previdência Social. Você deverá fornecer uma porcentagem de sua renda para o INSS para financiar sua aposentadoria. Seu empregador também deve pagar uma porcentagem do seu salário para o Governo. Esse desconto é como uma poupança que guarda dinheiro para sua aposentadoria.

Desconto no pagamento

Os descontos nos pagamentos podem ocorrer não apenas pelos impostos, mas também por outros motivos, como adiantamentos salariais. (Foto: Due)

Desconto do vale-transporte

Seja um auxílio por gasolina ou vale transporte, o empregador poderá descontar uma porcentagem do seu salário para pagar parte dos custos com transporte. Esse valor é uma porcentagem que é descontada diretamente do seu holerite. O valor total, complementado pelo valor que o empregador tem que pagar para seu transporte, deve ser entregue como vale transporte, vale gasolina, ou outro tipo de compensação.

Desconto de plano de saúde, seguros previdência privada

Se você estiver no plano de saúde ou seguro de seu empregador, essa dedução poderá ser paga com uma dedução do salário para cobrir seus prêmios de seguro médico, odontológico e de vida.

Se você se inscrever em um plano de previdência privada do seu empregador, a porcentagem de contribuição pode ser descontada diretamente do seu salário como forma de pagamento dos valores devidos.

Empréstimos consignados e adiantamentos salariais

Se você fez algum empréstimo consignado ou fez algum adiantamento de salário, esses valores virão descontados de seu salário. Eles devem ser devidamente discriminados. No caso do adiantamento, ele acompanha a data em que foi solicitado o adiantamento e o valor do adiantamento do salário que foi solicitado.

Faltas e atrasos não justificados descontados

Respeitando às normas da empresa e a convenção coletiva da categoria, faltas e atrasos não justificados devem ser devidamente descontados do salário proporcionalmente. Esses atrasos e faltas devem estar devidamente registrados no ponto do funcionário para que o desconto tenha uma base documental.

Ficou mais alguma dúvida sobre os descontos do seu salário? Deixe nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)