Como denunciar atitudes e comportamentos inadequados no ambiente de trabalho?

Em Comportamento profissional por André M. Coelho

Ignorar o comportamento inadequado no local de trabalho é prejudicial ao progresso dos funcionários. A longo prazo, essa ignorância cria uma força de trabalho desconfiada e uma atmosfera de trabalho antiético. Em última análise, isso pode levar à queda da marca e da empresa.

As organizações devem, portanto, possuir a responsabilidade de oferecer treinamento adequado aos seus funcionários para chamar o mau comportamento. Eles devem treinar seus funcionários para ter tolerância zero para comportamento inadequado e criar uma atmosfera onde os funcionários se defendem contra tal comportamento sem medo de repercussões.

Comportamentos e atitudes inadequadas no ambiente de trabalho: o que fazer?

Existem muitos comportamentos que podem ser chamados inadequados. Mas é importante entender o impacto do comportamento na vítima, da equipe e na cultura do local de trabalho em geral, para avaliar sua gravidade. Só então, uma ação apropriada pode ser tomada.

Comportamento rude consistente por um chefe é desconfortável, mas não pode justificar uma reação severa, especialmente se tal comportamento for principalmente orientada pelo ego.

Pequenos gestos de aumento do ego, como agradecendo o indivíduo errante por sua contribuição para um projeto, e oferecendo elogios genuínos de vez em quando, destacando o caráter da pessoa, são conhecidos por trabalhar maravilhas em tais casos. (Fonte: HBR)

Mas há comportamentos que não são tão fáceis de resolver, nem devem ser tolerados.

Os mais comuns de tais comportamentos incluem:

1. Assédio

Ações destinadas a humilhar, ameaçar ou intimidar, constituem assédio. Os infratores são conhecidos por mostrar agressão por meio de meios verbais ou escritos. Eles podem tentar intimidar os outros para a submissão através do uso de violência física e sexual, ou através de ameaças de usar o mesmo.

2. Preconceito

Isso inclui qualquer ação tomada com base no gênero, raça, cultura e religião de um indivíduo, entre outros. Privando um funcionário seu lugar de direito em um local de trabalho porque ele ou ela é diferente (devido aos fatores acima mencionados ou outros) é inadequado.

3. Fofoca maliciosa

Qualquer fofoca que resulte na disseminação de informações falsas, danifica a reputação e cria hostilidade no local de trabalho, é inadequada.

4. Comportamento Disruptivo

Ações que podem valorizar o comportamento disruptivo incluem:

Extrema preguiça levando a prazos perdidos consistentemente

Não se comunicar bem e, assim, impactar a qualidade do projeto, frequentemente;

Gritando e fazendo birras, ou exibindo uma necessidade de exercer o controle através de tais ações, frequentemente

Mostrando desconsideração para responsabilidades oficiais

Comportamento ruim no trabalho

Quando perceber um comportamento inadequado no trabalho, é hora de denunciar para que o mal seja cortado pela raiz. (Imagem: divulgação)

Relatar atitudes e comportamentos no ambiente de trabalho deve ser rápido

Reporte o comportamento inadequado imediatamente, sempre que possível.

É importante colocar os infratores no instante que eles se entregam ao comportamento inadequado. Por exemplo, uma observação sexista por um superior ou colega durante uma reunião pode ser abordada imediatamente – diga ao infrator que a observação sexista estava de mau gosto e que você esperaria que ele te tratasse com mais respeito nas futuras interações.

Se tal correção imediata não for possível porque você está desconfortável, chamando o infrator em público, encontre o infrator em particular e fale o que você pensa.

Ajuda e apoio para comportamentos ruins no trabalho

Fale as coisas com um colega confiável, mentor ou amigo de seus próprios, ou um departamento diferente. Fale com eles sobre sua opinião sobre o comportamento e busque sua opinião sobre o assunto.

O infrator pode estar repetindo o comportamento com outras pessoas. Se esse é o caso, conversar com os outros pode obter uma conformação da sua perspectiva. Você pode até mesmo solicitar suporte para a causa.

Fale com as pessoas que podem ajudar e saber o que podem fazer por você. Eles poderiam falar com o ofensor em seu nome e emitir um aviso contra tal comportamento, que pode pôr em uma parada para toda a questão sem a necessidade de escalada.

Consulte o Departamento de Recursos Humanos da empresa

Nos casos em que suas reprimendas caíram em ouvidos surdos e o comportamento inadequado continua, tome medidas apropriadas em consulta com seu departamento de RH.

Idealmente, seu departamento de RH deve ter políticas claras para atacar o comportamento inadequado no local de trabalho. A equipe deve ter o treinamento e ferramentas necessários para lidar com esse comportamento.

Com essa política no lugar, você será guiado sobre as ações a serem tomadas, para relatar comportamentos inadequados. A política indicará claramente ações que se enquadram na categoria de comportamento inadequado. A política também indicará claramente a pessoa autorizada a entrar em contato e as ações para documentar, em tais casos.

Com essa política, comportamentos inadequados podem ser curados cedo antes de escalar e criar consequências irreparáveis.

Como uma abordagem proativa, as organizações devem ter a responsabilidade de educar suas equipes em relação aos comportamentos inadequados e definir as expectativas no início. As empresas devem investir em treinamento de psicologia como parte do treinamento de habilidade e liderança dos funcionários.

Os funcionários devem ser treinados para tentar resolver esses problemas por si mesmos primeiro. Eles precisam ser treinados na maneira correta de relatar um comportamento inadequado para a alta gerência nos casos em que a abordagem inicial falha.

Explique como a situação está afetando sua produtividade e o negócio

Baixa moral e impacto psicológico são possíveis efeitos de comportamentos inadequados. Mas falando dano pessoal por si só pode não criar um impacto substancial na gestão superior quando essas questões são escaladas.

Comunique sobre o efeito que tal comportamento cria em sua moral e produtividade para obter uma reação. Fale sobre o custo da equipe, o projeto e, portanto, o negócio, tem que sofrer, se tais comportamentos não forem abordados imediatamente.

Seja prático nas questões de comportamento na empresa. Seja direto, sincero, e evite comunicar as questões para quem não está envolvido. Ou você poderá se tornar o responsável por comportamentos inadequados.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário