Os telefones celulares estão levando muitos de nós à distração – e prejudicando a produtividade no local de trabalho. Dezenove por cento dos empregadores acreditam que seus trabalhadores são produtivos por menos de cinco horas por dia, e mais da metade acredita que os celulares são os culpados.

De fato, cada sinal sonoro, zumbido e brilho que emana de nossos dispositivos pessoais são projetados para nos atrair enquanto sequestram nosso tempo e interrompem nossa concentração. Uma chamada curta ou uma mensagem de texto aqui ou ali pode não prejudicar a produtividade de maneira perceptível, mas o uso excessivo pode se tornar um grande problema. Pode levar até a uma demissão por justa causa.

Mas antes de falar da justa causa, vamos falar sobre o uso do celular no ambiente profissional.

Uso do celular no ambiente de trabalho

Devido à natureza onipresente dos telefones celulares, os donos de pequenas empresas precisam enfrentar sua presença inevitável e intervir quando os funcionários relutam em deixar seus dispositivos de lado – assim como devem agir com o funcionário que sempre fica doente. Abaixo estão algumas táticas para ajudá-lo a exercer alguma medida de controle sobre os telefones celulares em seu local de trabalho.

Enfrente a realidade com regras para uso do celular no trabalho

Os telefones celulares estão aqui para ficar. Embora um ambiente sem dispositivos possa ser o seu local de trabalho ideal, não é mais uma expectativa realista. Noventa e cinco por cento dos americanos já possuem algum tipo de telefone celular, e os empregadores familiares sabem que, embora o trabalho venha em primeiro lugar, os dispositivos pessoais são vitais para os funcionários que precisam fazer o check-in com seus filhos e cuidar de assuntos pessoais importantes. durante o dia.

A menos que haja preocupações de segurança, a proibição de telefones celulares no local de trabalho pode ser percebida como punitiva e levar a problemas de moral. E apesar de bloquear sinais celulares em seu local de trabalho pode ser uma solução tentadora, não é prático. Desativar o WiFi pode impedir as comunicações do seu próprio negócio, e um bloqueador de celular, que pode efetivamente desligar sinais em toda a sua área de negócios, não é apenas perigoso, também pode ser ilegal.

É melhor aceitar os telefones celulares como parte da vida profissional moderna e estabelecer políticas para seu uso. Contanto que você aplique as políticas que você implementou, você deverá ver a liquidação de uso em níveis que sejam razoáveis ​​para o seu negócio.

Estabelecer limites é o começo

Você pode optar por definir limites para o uso de telefones celulares que dependem da natureza do seu negócio, do trabalho de cada funcionário e dos tipos de problemas que você enfrentou. Por exemplo, o uso de telefones celulares é normalmente proibido nas seguintes circunstâncias:

  • Durante reuniões, sessões de treinamento e conferências
  • Quando os funcionários estão interagindo com os clientes
  • Em áreas de produção e cozinhas ou durante a operação de equipamentos pesados, como um telefone celular pode apresentar um risco de segurança
  • Durante a condução, exceto quando há uma conexão Bluetooth disponível ou quando o motorista é puxado para o lado da estrada.

Sua política de celular também pode definir:

  • Quando é aceitável usar um telefone celular durante o dia de trabalho, como durante os intervalos e a hora do almoço
  • A frequência e duração das chamadas permitidas durante o horário de trabalho
  • Se fones de ouvido são permitidos
  • Onde armazenar dispositivos pessoais. Manter os telefones fora da vista, como em uma gaveta da mesa, é uma maneira eficaz de manter as distrações no mínimo.
  • Uso apropriado durante o horário comercial. Por exemplo, chamadas de negócios e conversas breves ou textos com membros da família podem estar bem, mas jogar jogos ou baixar músicas não é.

Apenas certifique-se de que os limites estabelecidos sejam justos e flexíveis. Você sempre pode reforçar suas políticas, se necessário.

Uso de celular no trabalho

O uso de smartphones no trabalho pode gerar demissão por justa causa quando em excesso. (Foto: USATODAY.com)

Definir a etiqueta do uso do telefone no trabalho

Os telefones celulares não apenas distraem seus donos, mas as chamadas podem ser especialmente irritantes para os funcionários sentados perto do locutor. Essas diretrizes podem minimizar as interrupções e ajudar a manter a paz, mesmo quando os funcionários estão em seus telefones:

  • Definir telefones celulares para vibrar e toques para silencioso
  • Falar baixo
  • Manter as chamadas curtas
  • Atender chamadas pessoais em particular
  • Evitar linguagem ofensiva
  • Usar mensagens de texto como uma alternativa rápida e silenciosa para falar ao telefone
  • Não usar câmeras de celular (para proteger a privacidade de todos)

Coloque sua política de uso de telefone celular por escrito

Para garantir que sua política de conduta apropriada para celular seja entendida e seguida, coloque-a por escrito. Soletre seus termos em linguagem clara e inequívoca, juntamente com a justificativa para cada um, como para garantir a segurança ou manter a produtividade. Inclua as ações disciplinares que seguirão se os termos da política forem violados.

Isso pode incluir vários estágios (advertência verbal, aviso por escrito e suspensão) e pode incluir a proibição de celular se o uso interferir nas operações da empresa e a possibilidade de rescisão se o uso causar um acidente ou violar a política de confidencialidade da empresa.

Exigir que todos os funcionários revisem e assinem a política, indicando que eles entendem os termos da política e as consequências das violações.

Lidere pelo exemplo

Se você quiser que seus funcionários adotem novos hábitos de celular, você deve ser impecável na modelagem do comportamento que deseja cultivar. Se você estiver realizando chamadas pessoais ou enviando mensagens de texto durante as reuniões, seus funcionários não levarão a diretiva do celular muito a sério. Seja um modelo exemplar e seus funcionários estarão mais propensos a fazer o mesmo.

Aplique sua política corretamente

Aplique sua política de maneira consistente e uniforme. Simplesmente caminhar pelo local de trabalho pode ser uma maneira eficaz de reduzir o uso de telefones celulares, mas tenha cuidado com o exagero. Pairar pode ser percebido como microgerenciamento, gerando ressentimento entre os funcionários e, em última análise, dando resultados.

Você pode precisar emitir lembretes diários a princípio. Se os problemas persistirem após um período provisório de tempo e causarem interrupções no local de trabalho ou um declínio na produtividade, talvez seja hora de uma conversa mais séria com os funcionários cujos hábitos de telefone celular estão mais arraigados.

Tome ação disciplinar antes da justa causa

Ao adotar medidas disciplinares, siga a progressão padrão de emitir uma advertência verbal, aviso por escrito e suspensão antes de dar a justa causa a um funcionário um funcionário. Documente suas discussões cuidadosamente e seja o mais justo possível, a fim de reduzir o risco de repercussões legais.

A justa causa pode ser dada por desídia, ou seja, quando o funcionário está fugindo do trabalho que deve realizar.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)