Advogado familiar: o que faz? Quanto ganha?

Em Comportamento profissional por André M. Coelho

Em um divórcios, disputas de custódia, e questões de herança, seu futuro está diretamente no resultado. Estas questões complexas exigem advogados familiares que sabem o que estão fazendo, e você sabe que pode confiar.

Bons advogados de família trabalham com você para criar uma abordagem personalizada para suas necessidades exclusivas de direito da família, e uma que conecta você a uma ampla variedade de suportes e recursos para melhorar sua experiência durante a mudança de sua família.

O que é direito da família e sucessões?

A legislação de direito da família é uma área de prática preocupada com questões jurídicas envolvendo relações familiares, como divórcio, custódia infantil, heranças, e partilhas de bens. Os advogados que praticam direito familiar estão constantemente se especializando e trabalhando nessas áreas.

O que um advogado familiar faz?

Decidir se você precisa ou não de um advogado de família pode ser difícil. Especialmente, quando se trata de suas situações legais, como a repartição de um relacionamento ou decisões sobre custódia e propriedade.

Ter um advogado de família ao seu lado irá ajudá-lo através do processo. Aqui estão algumas razões sobre como advogados de família podem ajudar:

1. Papelada e burocracia

Toda a papelada necessária é tratada. Existem muitos documentos completos durante a maioria dos casos de direito da família. Um advogado de família experiente irá ajudá-lo a entender melhor essa documentação.

2. Racionalidade

O processo se torna menos emocional. Quando você tem que lidar com os aspectos de suas questões familiares por conta própria, às vezes é muito emocional para suportar. O advogado familiar ajuda você a se concentrar nas legalidades e nos pontos mais importantes. Isso reduz a emoção envolvida.

3. Compreensão

Contratar um advogado de família permite que você compreenda melhor os termos do seu litígio. Por exemplo, se divorciar pode envolver várias etapas, incluindo a troca de documentos financeiros, negociação, obtenção de relatórios de especialistas, e possivelmente aparecendo no tribunal. Seu advogado familiar torna esses passos muito mais fáceis de navegar e entender.

Advogado de direito da família

Advogados de direito da família ajudam em disputas familiares como herança, casamentos, e divórcio. (Imagem: TestMax)

Tipos de casos de direito familiar

Advogados familiares atuam nas seguintes questões do direito brasileiro:

Divórcio e separação

Custódia

Proteção de ativos

Divisão de propriedades

Determinação e suporte de renda

Apelações.

Pensões alimentícias

Herança

Inventário

Julgamento e Mediação no direito da família

Mediação é uma maneira voluntária de resolver disputas onde um mediador treinado ajuda as partes de posições de negociação relativamente iguais a resolver disputas sobre questões familiares.

Uma parte considerando a mediação deve falar com um advogado antes de ver um mediador. É útil conhecer a lei e seus direitos e obrigações e trocar todos os documentos relevantes antes do início da mediação.

Os mediadores são geralmente advogados, psicólogos ou outros profissionais. Quando esses profissionais funcionam como mediadores da família, seu trabalho é ajudar as partes a atingir um acordo sobre pagamentos de apoio, a divisão de propriedade, custódia e acesso às crianças, ou quaisquer outras questões relacionadas à família. Os mediadores não tomam laterais ou tomam decisões para as partes. Eles também não podem dar conselhos legais.

Enquanto muitos assuntos de direito familiar não acabam no tribunal, haverá momentos em que separar os cônjuges não possam trabalhar juntos para tomar decisões sobre finanças, propriedade ou cuidado de seus filhos. Em tais casos, você precisará pedir a um juiz para tomar essas decisões para você. Você também pode pedir ao tribunal que intervenha quando seu cônjuge está agindo injustamente ou inadequadamente em relação aos ativos familiares, apoio financeiro ou questões parentais.

Advogado de causa familiar ganha quanto?

A média salarial está entre 3 e 4 salários mínimo. Com uma maior experiência, anos de prática, este salário pode chegar a até 12 salários mínimos. Um bom atendimento, trabalho multidisciplinar, e histórico de casos bem sucedidos ajudarão o advogado de direito de família e sucessões a ter cada dia proventos melhores.

Como conseguir um advogado de direito da família gratuito?

Você pode procurar por núcleos de prática jurídica em faculdades de direito, onde os serviços de direito familiar e de sucessão são oferecidos a custos mais acessíveis.

ONGs e instituições de caridade podem conseguir estes profissionais a custos menores ou gratuitamente para famílias em situação de risco.

Um juiz também pode te indicar um advogado familiar em algumas causas.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário