O que faz um técnico em segurança do trabalho?

Em Comportamento profissional por André M. Coelho

Sua equipe de segurança é tão forte quanto seus membros. E enquanto muita atenção é dada aos engenheiros de segurança do trabalho, representantes de segurança e gerentes, ainda há papéis críticos que coletam, geram e analisam dados de segurança.

É aqui que um técnico de saúde e segurança do trabalho é vital para sua equipe.

O que é um técnico de segurança e qual é o papel deles em seu local de trabalho? Continue lendo para descobrir como eles contribuem para sua equipe de segurança.

O que é um técnico em segurança do trabalho?

Um técnico em segurança do trabalho coleta e analisa dados sobre condições de segurança em uma variedade de locais de trabalho. Pense neles como cientista para o local de trabalho – e um elemento essencial da sua equipe de segurança no local de trabalho.

Os técnicos trabalham lado a lado com especialistas em segurança para medir, inspecionar e avaliar os riscos de segurança e evitar danos aos trabalhadores. O que os torna únicos de outros membros da sua equipe de saúde e segurança é que eles não apenas observam os riscos – eles testam as condições do local de trabalho.

Técnico em segurança do trabalho

Os técnicos em segurança do trabalho são profissionais que cuidam da empresa e de seus colaboradores. (Imagem: divulgação)

O que faz um técnico em segurança do trabalho?

As tarefas exatas de um técnico de segurança variam de acordo com o ambiente de trabalho, mas os deveres básicos permanecem constantes: testar ambientes, equipamentos e práticas de trabalho; garantir que todos os empregados tem o treinamento apropriado para estarem naquele ambiente, e que todos estejam utilizando os EPIs e procedimentos adequados.

Um técnico de segurança de minas, por exemplo, é responsável por entrar em minas para testar o fluxo de ar para qualquer acúmulo de gases nocivos. Eles também verificam o status dos equipamentos nas minas para garantir que os mineiros tenham acesso às ferramentas de que precisam e podem funcionar nas minas com segurança.

Em um ambiente de escritório, o papel de um técnico de segurança é um pouco menos técnico e mais mundano. Seu trabalho nesse ambiente é focado fortemente em testes e observação ergonômicos.

Um técnico de segurança no local de trabalho em um canteiro de obras, por outro lado, é responsável por monitorar condições de trabalho mais perigosas. Por exemplo, eles testarão equipamentos para garantir que ele esteja funcionando corretamente e sendo usado corretamente.

Técnico de Segurança vs. Oficial de Segurança

Neste ponto, devemos distinguir entre um técnico de segurança e um oficial de segurança.

Embora ambas as posições compartilham um objetivo comum – mantêm a saúde e segurança do trabalhador ideal – seus papéis em tornar esse objetivo possível são bem diferentes.

Um oficial de segurança é frequentemente o primeiro porto de chamada para todas as coisas relacionadas à segurança. Eles realizam auditorias e inspeções, garantem a conformidade regulatória, aplicam as políticas de segurança, investigam acidentes no local de trabalho e treinam trabalhadores.

Um técnico de segurança tem um papel mais especializado. Um técnico é tipicamente responsável por testar ambientes e condições de trabalho em tempo real, de coletar amostras a testar equipamentos para observar as práticas reais no local de trabalho. Eles compilam relatórios técnicos sobre suas descobertas e ajudam a desenvolver políticas de segurança com base nesses relatórios.

Os dois papéis se sobrepõem à questão do treinamento de trabalhadores. Ambas as posições geralmente contribuem para a educação de segurança do trabalhador. Para um técnico, isso geralmente significa demonstrar a maneira segura de usar equipamentos ou preparar programas de treinamento baseados nos resultados do teste.

Gerenciando sua equipe de segurança do trabalho de forma mais eficaz

Se você é um técnico de saúde e segurança ocupacional, um gerente de segurança, ou qualquer coisa entre, sabemos que sua equipe de segurança precisa trabalhar juntos sem problemas. É por isso que desenvolvemos software de segurança que se adapta às maiores necessidades de segurança, não importa qual seja o seu papel sobre a equipe de segurança.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos te ajudar!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário