O que é freelancer?

Escrito na categoria "Direitos no emprego" por André M. Coelho.

Se você está interessado em ter um pouco mais de controle e liberdade em sua vida profissional, se tornar um freelancer é uma opção atraente. São milhões de profissionais no mundo todo que já trabalharam como freelancers. E a comunidade freelance certamente está crescendo, com projeções cada vez mais promissoras

Com esses grandes números, é fundamental se preparar para trabalhar como freelancer. Use este guia para entender o que é freelancer, como encontrar empresas e empregos que contratam e as características necessárias para ter sucesso como freelancer.

O que é freelancer?

Essencialmente, um trabalho freelance é aquele em que uma pessoa trabalha para si mesma, e não para uma empresa. Embora freelancers assumam contratos de trabalho para empresas e organizações, eles são, em última análise, autônomos.

Freelancers são responsáveis ​​por todos os tipos de coisas que os funcionários tradicionais não são, como definir suas horas de trabalho, controlar o tempo gasto em diferentes projetos, cobrar clientes e pagar seus próprios empregos e impostos comerciais. Freelancers não são considerados “funcionários” pelas empresas para as quais trabalham, mas sim “contratados”.

Onde conseguir um trabalho freelancer?

Focar em empresas que contratam freelancers pode ser uma ótima maneira de começar sua busca por trabalho freelance. Nas listas de empregos freelance , uma variedade de empresas, organizações e agências governamentais contratam freelancers. Você encontrará trabalho em quase todas as carreiras imagináveis, e os trabalhos freelance variam de pequenos projetos temporários a projetos de longo prazo em tempo integral.

Trabalho como freelancer

O trabalho como freelancer pode ser uma ótima fonte de renda profissional. (Foto: Workana)

Vantagens e desvantagens do trabalho freelancer

Cada trabalho tem prós e contras, e freelancer não é diferente. Estar ciente dos desafios à frente pode garantir que você esteja preparado e lidando com a realidade.

Vantagens do freelancing

Ter controle sobre sua carga de trabalho, os clientes com quem você trabalha e sua renda é uma grande vantagem do freelancer. Quando você freelance, você está no assento do motorista. Você determina quais empregos assumir, para quais clientes deseja trabalhar e sua taxa de pagamento. Dependendo do seu nível de especialização, pode ser possível trabalhar em meio período, mas fazer o pagamento em período integral.

Flexibilidade e trabalho remoto também são uma vantagem. Na maioria das vezes, trabalhar em projetos autônomos envolverá trabalhar em seu escritório doméstico e o horário que você escolher. Você absolutamente terá prazos a cumprir, mas decidirá quando e onde trabalhar.

Desvantagens do freelancing

Com o máximo em controle, vêm responsabilidades adicionais. Como freelancer, você é proprietário de uma empresa e precisa ficar atento a impostos, faturas, pagamentos recebidos, encontrar seu próprio seguro saúde e comprar cada software e tecnologia de que precisa para concluir seu trabalho.

A síndrome do banquete ou da fome é outra desvantagem real do freelancer. Alguns meses você estará cheio de trabalho até a borda, enquanto o próximo mês pode ser uma cidade fantasma. Você pode estar contando com um contrato consistente com um cliente, apenas para descobrir que ele não precisa mais de você repentinamente. Freelancing requer uma boa gestão de dinheiro e busca constante de novos clientes.

Como se tornar um freelancer?

Existem algumas qualidades que você deve possuir para se preparar para o sucesso como freelance. Embora não seja uma lista abrangente, essas características importantes darão uma ideia de onde você deve se concentrar.

Disciplina

Não há nenhum chefe observando você com o canto do olho ou colegas para julgá-lo quando você passa uma hora fazendo compras online em vez de trabalhar. A disciplina é necessária para se manter na linha.

Persistência

A persistência é sempre importante, mas especialmente quando você está apenas começando como freelancer e tentando desesperadamente rastrear um trabalho.

Resiliência

Há uma palavra que você ouvirá mais do que qualquer coisa como freelancer: não. Rejeição é o nome do jogo, e você vai precisar deixá-la rolar para trás.

Organização

Você é responsável por muitas tarefas diferentes. Você precisa controlar suas receitas e despesas. Você precisa responder prontamente aos e-mails dos clientes e ficar em dia com seus prazos. Você precisa manter seus arquivos classificados e sua carga de trabalho simplificada.

Extrovertido

Você não precisa necessariamente ser extrovertido no sentido tradicional, mas precisa ser um pouco agressivo para conseguir novos clientes. Se você deseja expandir seus negócios, terá que se sentir confortável em estabelecer contatos e abordar estranhos, seja pessoalmente ou digitalmente.

Comunicativo

Ser freelancer envolve muita comunicação. Você precisa estar disposto a ter conversas difíceis – como negociar um preço mais alto ou romper com um cliente – e lidar com elas com tato e profissionalismo. Não há chefe ou outro colega para cuidar desse trabalho sujo para você.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário