O que é TIC?

TIC, ou tecnologia da informação e comunicação (ou tecnologias), é a infraestrutura e os componentes que permitem a computação moderna. Embora não haja uma definição única e universal de TIC, o termo é geralmente aceito para significar todos os dispositivos, componentes de rede, aplicativos e sistemas que combinados permitem que pessoas e organizações (ou seja, empresas, agências sem fins lucrativos, governos e empresas criminosas) interajam no mundo digital.

O que é tecnologia da informação e comunicação (TIC)?

As TICs abrangem tanto a esfera habilitada para Internet quanto a esfera móvel alimentada por redes sem fio. Também inclui tecnologias antiquadas, como telefones fixos, transmissão de rádio e televisão – todas ainda amplamente utilizadas hoje em dia, juntamente com peças de TIC de ponta, como inteligência artificial e robótica.

TIC às vezes é usado como sinônimo de TI (para tecnologia da informação); entretanto, a TIC geralmente é usada para representar uma lista mais ampla e abrangente de todos os componentes relacionados ao computador e às tecnologias digitais do que a TI.

A lista de componentes de TIC é exaustiva e continua crescendo. Alguns componentes, como computadores e telefones, existem há décadas. Outros, como smartphones, TVs digitais e robôs, são entradas mais recentes.

No entanto, as TIC geralmente significam mais do que sua lista de componentes. Também engloba a aplicação de todos esses vários componentes. É aqui que o verdadeiro potencial, poder e perigo das TIC podem ser encontrados.

Uso e definição de TIC

TIC é uma sigla para tecnologia da informação e comunicação, e engloba diversos elementos do mundo empresarial atual. (Foto: divulgação)

Qual o impacto das TICs na tecnologia e sociedade?

A TIC é alavancada para transações e interações econômicas, sociais e interpessoais. As TIC mudaram drasticamente a forma como as pessoas trabalham, se comunicam, aprendem e vivem. Além disso, as TIC continuam a revolucionar todas as partes da experiência humana como primeiros computadores e agora os robôs realizam muitas das tarefas antes realizadas por humanos. Por exemplo, uma vez os computadores atendiam aos telefones e direcionavam as chamadas para que os indivíduos apropriados respondessem; agora, os robôs não apenas podem atender as chamadas, mas também podem lidar com mais rapidez e eficiência com as solicitações de serviços dos chamadores.

A importância das TIC para o desenvolvimento econômico e o crescimento dos negócios tem sido tão monumental, na verdade, que é creditada o início do que muitos rotularam de Quarta Revolução Industrial.

As TICs também sustentam grandes mudanças na sociedade, à medida que os indivíduos em massa estão mudando de interações pessoais, face a face, para outras no espaço digital. Esta nova era é freqüentemente chamada de Era Digital.

Apesar de todos os seus aspectos revolucionários, no entanto, os recursos da TIC não são distribuídos uniformemente. Simplificando, países e indivíduos mais ricos têm mais acesso e, portanto, maior capacidade de aproveitar as vantagens e oportunidades proporcionadas pelas TIC.

No Brasil e em outros lugares, a discrepância no acesso às TIC criou a chamada exclusão digital. O Banco Mundial, várias autoridades governamentais e organizações não governamentais (ONGs) defendem políticas e programas que visam diminuir a exclusão digital, proporcionando maior acesso às TIC entre os indivíduos e populações que lutam para pagá-las.

Essas várias instituições afirmam que aqueles sem recursos de TIC são deixados de fora das múltiplas oportunidades e benefícios que a TIC cria e, portanto, ficarão ainda mais para trás em termos socioeconômicos.

As Nações Unidas consideram um de seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) “aumentar significativamente o acesso à tecnologia da informação e comunicação e se esforçar para fornecer acesso universal e acessível à Internet nos países menos desenvolvidos até 2020.”

Economia das TICs

Vantagens econômicas são encontradas tanto no mercado de TIC quanto nas áreas mais amplas dos negócios e da sociedade como um todo.

No mercado de TIC, o avanço das capacidades de TIC tornou o desenvolvimento e a entrega de várias tecnologias mais baratos para os fornecedores de TIC e seus clientes, ao mesmo tempo que oferece novas oportunidades de mercado. Por exemplo, as companhias telefônicas que antes precisavam construir e manter quilômetros de linhas telefônicas mudaram para materiais de rede mais avançados e podem fornecer serviços de telefone, televisão e internet; Como resultado, os consumidores agora têm mais opções de entrega e preços.

A importância das TIC nas empresas

Para as empresas, os avanços nas TIC trouxeram uma série de economias de custos, oportunidades e conveniências. Eles variam de processos de negócios altamente automatizados que cortaram custos à revolução de big data, onde as organizações estão transformando o vasto tesouro de dados gerados por ICT em percepções que conduzem a novos produtos e serviços, a transações habilitadas por ICT, como compras pela Internet e telemedicina e mídias sociais que oferecem aos clientes mais opções de como comprar, se comunicar e interagir.

Mas as TIC também criaram problemas e desafios para organizações e indivíduos – bem como para a sociedade como um todo. A digitalização de dados, a expansão do uso da Internet de alta velocidade e a crescente rede global juntas levaram a novos níveis de crime, onde os chamados malfeitores podem criar esquemas habilitados eletronicamente ou obter acesso ilegal a sistemas para roubar dinheiro e propriedade intelectual ou informações privadas ou para interromper sistemas que controlam a infraestrutura crítica.

A TIC também trouxe automação e robôs que deslocam trabalhadores que não conseguem transferir suas habilidades para novas posições. E a TIC tem permitido que mais e mais pessoas limitem suas interações com outras pessoas, criando o que algumas pessoas temem ser uma população que pode perder parte do que a torna humana.

Dúvidas? deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário